Visando identificar “desvio de função”, Lins determina checagem de celetistas

//pagead2.googlesyndication.com/pagead/js/adsbygoogle.js
//pagead2.googlesyndication.com/pagead/js/adsbygoogle.js

Rogério Lins determinou, através de decreto publicado na Imprensa Oficial (IOMO), que funcionários contratados através de processo seletivo e que ainda têm vínculos empregatícios com a Prefeitura de Osasco apresentem-se em seu órgão de origem.

O decreto publicado, na última sexta-feira (27), determina que sejam realizadas até o dia 31 de janeiro, terça-feira, a conferência de atribuições de desempenho. A ação visa identificar contratados que não comparecem ou que têm atribuições diferentes das que foram contratados para exercer.

Veja também  Aguimarães vence eleições no PT em Osasco com boa vantagem

Caso o contratado sob regime de CLT não compareça à sua secretaria de origem, deverá ser desligado dos quadros da administração pública. Os secretários, responsáveis pelas pastas, terão até cinco dias para apresentar relatórios atestando a frequência e o trabalho do contratado.

Avaliação média: 4.5
Total de Votos: 18

Visando identificar “desvio de função”, Lins determina checagem de celetistas
Almoço Mágico - Rock & Ribs
//pagead2.googlesyndication.com/pagead/js/adsbygoogle.js
Almoço Mágico - Rock & Ribs
//pagead2.googlesyndication.com/pagead/js/adsbygoogle.js

Um comentário em “Visando identificar “desvio de função”, Lins determina checagem de celetistas

  • 30 de janeiro de 2017 em 22:29
    Permalink

    Rogério Lins, Osasco continua em situação de abandono. Trinta e Um dias da nova administração, vamos trabalhar!!

Fechado para comentários.