Visando identificar “desvio de função”, Lins determina checagem de celetistas

Rogério Lins determinou, através de decreto publicado na Imprensa Oficial (IOMO), que funcionários contratados através de processo seletivo e que ainda têm vínculos empregatícios com a Prefeitura de Osasco apresentem-se em seu órgão de origem.

O decreto publicado, na última sexta-feira (27), determina que sejam realizadas até o dia 31 de janeiro, terça-feira, a conferência de atribuições de desempenho. A ação visa identificar contratados que não comparecem ou que têm atribuições diferentes das que foram contratados para exercer.

Caso o contratado sob regime de CLT não compareça à sua secretaria de origem, deverá ser desligado dos quadros da administração pública. Os secretários, responsáveis pelas pastas, terão até cinco dias para apresentar relatórios atestando a frequência e o trabalho do contratado.

Publicidade

Um comentário em “Visando identificar “desvio de função”, Lins determina checagem de celetistas

  • 30 30-03:00 janeiro 30-03:00 2017 em 22:29
    Permalink

    Rogério Lins, Osasco continua em situação de abandono. Trinta e Um dias da nova administração, vamos trabalhar!!

Fechado para comentários.