Secretarias de Lins começam a ganhar forma, com secretários e adjuntos

Advertisement
Advertisement

Mesmo sem a cerimônia oficial de posse, inicialmente marcada para a última quarta-feira (4) e adiada, Rogério Lins começa a nomear os secretários municipais e os adjuntos.

As duas últimas edições da Imprensa Oficial (IOMO) trouxeram as nomeações dos secretários, alguns, pessoas de confiança de Rogério Lins e outros, cumprindo acordos políticos.

A chefia de Gabinete ficou com Elsa Natal, que já trabalhou com Lins em seu gabinete enquanto vereador; Gelso de Lima responderá pela Secretaria de Governo; a jornalista Emilia Cordeiro pela Comunicação; Ivo Gobatto Jr. foi escolhido para cuidar de Assuntos Jurídicos; José Carlos Vido é o novo responsável pela Saúde de Osasco; Ana Paula Rossi assume a educação; Sergio Di Nizo fica com a secretaria de Administração e o Dr. Alexandre Bussab cuidará da secretaria de Indústria, Comercio e Abastecimento.

Veja também  Prefeitura rompe contrato com empresa que realiza exames laboratoriais

Além desses nomes, Lins também definiu alguns secretários adjuntos, responsáveis por auxiliar o trabalho dos Secretários Municipais. Os adjuntos são fundamentais para o bom funcionamento das secretarias. Confira alguns nomes:

Alexandre Capriotti (Meio Ambiente);
Adilson Custódio Moreira (Segurança e Controle Urbano);
Fabio Grossi (Transporte e Mobilidade Urbana);
Geraldo Aparecido de Oliveira Leite (Serviços e Obras);
Fabio Chirinhan (Administração);
Luiz Henrique do Nascimento (Indústria e Comércio).

Muitos nomes ainda faltam ser definidos e acredita-se que, nesta próxima semana, novos nomes serão anunciados.

Avaliação média: 4.7
Total de Votos: 17

Secretarias de Lins começam a ganhar forma, com secretários e adjuntos
Advertisement

2 comentários em “Secretarias de Lins começam a ganhar forma, com secretários e adjuntos

  • 8 de janeiro de 2017 em 23:05
    Permalink

    E já começou a robalheira

  • 28 de abril de 2017 em 23:04
    Permalink

    Espero que melhores nossa situação com relação aos funcionários públicos municipal. Principalmente na área da.educacao (cozinheiras ) Salários defasados e muito trabalho.

Fechado para comentários.