Valmir Prascidelli pede união contra reforma trabalhista

Nesta terça-feira (7), a Comissão Especial da Câmara dos Deputados, que analisa o Projeto de Lei 6.787/2016, da Reforma Trabalhista, se reuniu com os presidentes das seis principais centrais sindicais do país (CUT, CTB, UGT, Força Sindical, CSB e NCST), além de parlamentares e membros da sociedade civil.

O deputado federal Valmir Prascidelli esteve presente no encontro e afirmou que o momento pede união de todas as entidades e forças para que o ideal coletivo seja atendido. “O momento é de unir forças. Agregar as centrais, a sociedade e os poderes para barrar esse projeto que precariza o ambiente de trabalho, reduz salários e gera vários problemas que configuram na prática, o sepultamento da CLT”, destacou o parlamentar.

Veja também  Rogério Lins decreta auditoria nas contas da prefeitura de Osasco

Todos os presentes concordaram que no momento é necessário que sejam aprovadas medidas que gerem empregos e promovam o desenvolvimento do país, com investimentos em infraestrutura, tecnologia e aumento da produtividade, pois estas medidas impulsionariam a economia brasileira.

Os presentes reafirmaram o comparecimento, no próximo dia 15, no Dia da Nacional da Paralisação. “Os trabalhadores não vão pagar a conta da crise. Nós vamos lutar”, concluiu Valmir Prascidelli.

Avaliação média: 4.5
Total de Votos: 19

Valmir Prascidelli pede união contra reforma trabalhista