Valdomiro Ventura também consegue alvará e deixa a penitenciária, em Tremembé

O vereador Valdomiro Ventura, investigado na operação Caça Fantasmas do Ministério Público, que estava preso desde o dia 6 de dezembro, conseguiu, neste sábado (31), resolver os trâmites burocráticos relacionados ao alvará de soltura.

Sua esposa já está a caminho da Penitenciária de Tremembé para buscar o marido. Deste modo, o vereador, que está em final de mandato, poderá passar o Réveillon com a família.

O alvará de soltura, emitido às 12h20 pelo Desembargador Fabio Gouvêa, concede o direito de Valdomiro responder em liberdade, mediante pagamento de fiança, até o dia 4 de janeiro. Caso o pagamento não seja feito, Ventura volta a ser preso.

Publicidade