TJ-SP nega Habeas Corpus a André Sacco Júnior

O vereador André Sacco Júnior teve seu habeas corpus negado, no último dia 19, pelo Tribunal de Justiça de São Paulo. A defesa de Sacco impetrou um documento alegando que o pedido de prisão tinha ausência de fundamentação. Além disso, o vereador teria oferecido, como garantia de fiança, seis imóveis e três veículos.

O desembargador Flávio Gouvea, que negou o habeas corpus de Sacco, alegou que a decisão da juíza Ana Paula Achoa Mezher não se mostrou flagrantemente ilegal, ou mesmo teratológico, a ponto de permitir antecipação do mérito. Desta forma, o pedido foi indeferido pelo desembargador.

Veja também  Ministério Público lacra Camara Municipal de Osasco

Sacco está preso, preventivamente, na Penitenciária do Tremembé, interior de São Paulo, por suposto crime de desvio de recursos públicos e formação de organização criminosa. Ao lado de outros 13 vereadores, o PSDBista é investigado pela Operação Caça-Fantasmas do Ministério Público.

Advertisement

Um comentário em “TJ-SP nega Habeas Corpus a André Sacco Júnior

  • 22 22-03:00 dezembro 22-03:00 2016 em 07:54
    Permalink

    O triste foi a assessoria deixar uma nota de esclarecimento dizendo que seus funcionários prestam serviço nas ruas, por isso não estavam lá. Se a moda pega, vai acabar em pizza mesmo. Mas uma coisa é certa, o estacionamento dos funcionários, depois da operação está sempre lotado, se estão trabalhando, não sei, mas que os carros estão no estacionamento, ah isso estão.

Fechado para comentários.