Sem patrocínio da AES, Casa de Cultura de Osasco fechará as portas

Advertisement
Advertisement

Foram sete anos de muito trabalho e dedicação de funcionários e voluntários. Em uma das regiões mais carentes da cidade, a Casa de Cultura e Cidadania de Osasco atende 400 crianças, com aulas de capoeira, judô, música e teatro. Além da questão cultural, o espaço também fornece uniforme, lanche e todo material que os alunos utilizam durante suas aulas.

Mas este belo projeto está perto do fim. Funcionários já cumprem aviso prévio e moradores estão sendo avisados de que o espaço fechará suas portas. Isso se dá pelo término de contrato de patrocínio da AES Eletropaulo.

08ea62aa-5b63-477f-9235-638f70926e80-317-00000145314558c8_tmp

Funcionários do projeto se mostram atordoados com a maneira com isso que foi feito, já que foram acusados pela mídia de que o contrato não seria renovado. “A decisão pegou todos de surpresa. A empresa tem todo o direito de descontinuar o patrocínio, mas temo pelas crianças. Alguns só se alimentam aqui”, diz Vera Lúcia, responsável pelo espaço.

Veja também  Programação de Shows e Palestras do 6º Japan Matsuri

Ao todo, são seis Casas de Cultura, em diferentes cidades, que atendem 3.000 crianças e empregam 140 funcionários. A parceria com a AES já dura nove anos.

O Instituto Agires, responsável pela Casa de Cultura, estuda outros meios e formas de patrocínio para manter o projeto funcionando.

Tentamos contato com a Eletropaulo, por meio de sua assessoria de imprensa, mas não obtivemos retorno.

Avaliação média: 4.8
Total de Votos: 17

Sem patrocínio da AES, Casa de Cultura de Osasco fechará as portas
Advertisement