Prefeitura libera R$ 5 milhões para compra de medicamentos, em caráter emergencial

Em caráter de emergência, a prefeitura de Osasco liberou para a Secretaria de Saúde R$ 5 milhões destinados à aquisição de medicamentos para a rede.

O prefeito, Rogério Lins, afirmou que estavam faltando muitos remédios na rede e esse recurso liberado, emergencialmente, tem como objetivo não deixar faltar itens essenciais para o funcionamento de UPAs, pronto socorros e UBSs.

O prefeito não soube precisar quais medicamentos seriam comprados, mas afirmou que a Secretaria de Saúde está fazendo o levantamento dos itens que estão faltando nas unidades.