Polícia Federal chega a Osasco e prende suspeito de pedofilia

Advertisement
Advertisement

A Polícia Federal (PF) deflagrou na manhã desta sexta-feira, 09, em Osasco, a Operação Catchnet, que visa reprimir a pornografia infantil por meio de troca de arquivos pela internet e utilização de aplicativos em celulares em que se veicula imagens e vídeos de crianças e adolescentes em cenas de sexo explícito.

Na cidade foi preso em flagrante um homem de 54 anos, na posse de dois HDs e pendrives com imagens de crianças em cenas de sexo explícito, ocultas em seu carro. O preso também possuía em seu celular o aplicativo PERISCOP que era utilizado para recepção de imagens de crianças e adolescentes em cenas de nudez.

Veja também  Lava Jato: PF começa a ouvir presos de Odebrecht e Andrade Gutierrez

A investigações identificaram usuários de redes de pornografia infantil que utilizavam ambientes como deep web e veiculavam ou armazenavam imagens de pornografia infantil. Estes alvos também fizeram uso de aplicativos como whatsapp, kiwi e outros para a troca de referidas imagens e vídeos.

Além de Osasco foram realizados buscas e apreensões em São Paulo, Mogi das Cruzes.

Todo material apreendido foi encaminhado para perícias e o suspeito autuado em flagrante pelo Art. 241 do Estatuto da Criança e do Adolescente.

Avaliação média: 4.5
Total de Votos: 23

Polícia Federal chega a Osasco e prende suspeito de pedofilia
Advertisement