Nódulos e caroços nos seios, o que pode ser

Considerado um pequeno caroço, o nódulo na mama em sua grande maioria não é indicio de câncer de mama, na verdade, ele é considerado apenas uma alteração benigna, como um cisto e em sua grande maioria, não necessita nenhum tipo de tratamento.

Para ser considerada uma suspeita de câncer, o nódulo deve provocar alterações no tamanho e ate mesmo na forma dos seios.

Principais causas benignas de nódulo na mama

Em sua grande maioria, os nódulos aparecem devido a alterações hormonais, que podem aparecer somente durante o período menstrual e depois disso, desaparecer.

Entre os motivos mais comuns do aparecimento de nódulos, podemos dizer:

Alterações fibrocísticas

Esse tipo de alteração esta relacionada diretamente a alterações hormonais, geralmente no período menstrual aparece com mais frequência.

Cistos simples

Em sua grande maioria, o cisto aparece em mulheres na pré menopausa, e não necessita tratamento especifico.

Fibroadenoma

Mais comum em mulheres jovens, ele é  provocado pelo crescimento exagerada de glândulas produtoras de leite.

Mastopatia diabética

Este é um caso mais raro e mais grave, que causa inflamação nas mamas, dor, vermelhidão e aparecimento de diversos caroços nos seios.

Lipoma

Esse nódulo é causado pelo acumulo de tecido gorduroso nas mesmas, podendo caso necessário, ser retirado com cirurgia simples.

Infecções da mama

Mastite é uma das causas mais comuns de infecção nas mamas. A inflamação dos tecidos e também dos dutos mamários podem causar o aparecimento dos nódulos.

Exames para identificar o tipo de nódulo na mama

Existem diversos exames disponíveis para que a identificação do tipo de nódulo ocorra, porém, entre eles, a mamografia e a ultrassonografia são os mais comuns e os mais recomendados pelos médicos.

Todos os resultados da mamografia são padronizados, sendo assim, ele pode ser?

Categoria 0: exame não conseguiu caracterizar alterações e é necessário outros exames complementares;

Categoria 1: resultado normal, devendo ser repetido em 1 ano;

Categoria 2: alterações benignas, sem risco de câncer, devendo ser repetido em 1 ano;

Categoria 3: alterações provavelmente benignas, com risco de câncer de 3% e é recomendado repetir o exame em 6 meses;

Categoria 4: alterações suspeitas de malignidade e o risco de câncer é de 20%, sendo necessária a realização de biópsia e avaliação anatomopatológica do tecido da mama;

Categoria 5: alterações provavelmente malignas com risco de câncer de 95%, estando indicada cirurgia para remover a alteração, podendo ser feita biopsia pré-operatória;

Categoria 6: diagnóstico de câncer de mama estabelecido.

Tratamento para nódulos nas mamas

Em sua grande maioria, os nódulos na mama não necessitam de tratamento, pois não causam nenhum maleficio na saude ou ate mesmo, não provocam nenhum tipo de alteração na saúde do paciente.

Em alguns casos em que o nódulo é doloroso ou ate mesmo tem um tamanho muito avantajado, o ginecologista pode recomendar o consumo de pílula anticoncepcional para que o mesmo reduza.

Avaliação média: 0
Total de Votos: 0

Nódulos e caroços nos seios, o que pode ser