MBL em Osasco – Coluna por Maycom dos Anjos

No ultimo dia 06 de Junho, numa quarta feira fria e de garoa, duas das maiores lideranças do Movimento Brasil Livre, Kim Kataguiri e Arthur Moledo do Val, estiveram fazendo uma palestra/debate em Osasco. O evento contou com a presença de mais ou menos 100 pessoas, e foi aberto a perguntas para os participantes. Kim é Pré-Candidato a Deputado Federal pelo DEMOCRATAS enquanto Arthur é Pré-Candidato a Deputado Estadual pelo mesmo partido. Apresentaram propostas e dialogaram sobre os atuais problemas do país e as possíveis alianças do Movimento. Na ocasião, pude fazer duas perguntas aos liberais, tratando sobre assuntos como Economias, Justiça Social e Corrupção. E o que vimos; mais do mesmo. Ambos, responderam de forma genéricas quando os questionei sobre o equilibro entre crescimento econômico e justiça social. O que explana ainda mais a visão monobloco de que a ideia de estado mínimo seja a solução para os nossos problemas.
Kim Kataguiri é o personagem de respostas mais técnicas do grupo, trazendo dados e acontecimentos que influenciaram/influenciam na atividade econômica do país. É um sujeito inteligente, de uma boa eloquência mas que mira suas ideias apenas para justificativas liberais que não tratam de questões mais amplas, como por exemplo, o problema da desigualdade e da fome no país. Arthur é do campo das ideias, do confronto, do embate ideológico que tem feito muito mal a nossa sociedade. Não consegue formular uma respostas sem citar outros candidatos e partidos. Em determinado momento, procurei o questionar sobre as negociatas e corrupção que provavelmente veria caso eleito, e o perguntei o que o mesmo faria se presenciasse ou se iria se posicionar junto aos eleitores, já que fala tanto em combate a corrupção e a resposta mais uma vez foi genérica; disse que não faria nada, porque não iria ver os atos.

Veja também  Juventude Osasquense

A falsa representação de combate a corrupção e a generalização pejorativa a outras ideologias é o que tem pregado o grupo MBL. A possível candidatura dos liberais é mais uma prova de que o discurso anti politico e apartidário pregado aos quatro cantos do país durante as manifestações contra o governo Dilma, cai por terra. Foi assim com Fernando Holliday (DEM), vereador pelo Município de São Paulo que pegou gancho em sua atuação no movimento e provavelmente será com Arthur e Kim, que tem uma porcentagem de seguidores consideráveis.
Infelizmente, os nosso horizontes se tratando de mudanças não é bonito e claro, é uma nuvem carregada de incertezas e de falta de entendimento de políticos e sociedade.

Avaliação média: 4.5
Total de Votos: 2

MBL em Osasco – Coluna por Maycom dos Anjos