Iodoterapia: O que é e para que serve esse tratamento

Iodoterapia: O que é e para que serve esse tratamento – O iodo é um mineral utilizado pela tireoide para produção dos hormônios do nosso corpo de, ele é fundamental para o funcionamento do organismo. nos casos em que existe a deficiência de iodo no organismo o mesmo pode causar sérios problemas de saúde, que pode envolver desde a gestação até a vida adulta.

O que é a iodoterapia?

O principal objetivo da iodoterapia é destruir as células cancerígenas que ainda se encontra no organismo após a tireoidectomia ou até mesmo controlar possíveis focos metastáticos presentes.

Para a realização desse tratamento é utilizado o rádio isótopo  que é um dos produtos obtidos a partir dos reatores nucleares que utilizam o urânio como combustível.Iodoterapia: O que é e para que serve esse tratamento

 Como é o tratamento de iodoterapia?

 O iodo radioativo é administrado via oral na forma líquida ou até mesmo em cápsulas, e no organismo emite radiação Gama, que aquela semelhante ao raio x.

A dose a ser administrada varia de acordo com o médico que irá basear na patologia, exames de imagem e também de sangue do paciente.

Vale ressaltar que nem todo o iodo radioativo administrado é absorvido e captado pelo organismo parte dele é esquentado pelas fezes, urina e também .

Iodoterapia: O que é e para que serve esse tratamento – Preparação para  iodoterapia

A preparação para iodoterapia inclui a suspensão dos antitireoidianos, que deve ser parado de consumir cinco dias antes outras recomendações dos médicos que devem ser seguidas no preparo para iodoterapia São:

  •  seguir uma dieta pobre com iodo por um período de 15 a 21 dias antes do início da iodoterapia;
  •  não realizar exames contrastados;
  •  não usar esmaltes ou bases de unha, álcool iodado, Mercúrio e produtos e iodados;
  •  não realizar tratamentos dentários;
  •  não realizar exames ginecológicos.

O principal objetivo deste preparo é diminuir a taxa de iodo circulante no corpo antes da terapia com iodo radioativo isso faz com que o iodo seja mais absorvido pelo organismo e assim o tratamento consegue ter um melhor resultado.

Cuidados após a iodoterapia

 Após a internação o paciente deverá manter os cuidados  em casa, seguindo algumas orientações como:

  •  manter 2 m de distância de outras pessoas;
  •  não ter contato com crianças ou gestantes;
  •  usar  pratos, talheres e copos descartáveis;
  •  dar a descarga várias vezes ao usar o banheiro;
  •  homens devem urinar sentados;
  •  lavar a roupa do paciente separadamente;
  •  manter a escova de dentes separados e descartá-las após o período de eliminação do iodo;
  •  consumir bastante líquido.

Efeitos colaterais da iodoterapia

Existem algumas possíveis reações que podem acompanhar os pacientes a curto prazo, Como por exemplo o aumento da sensibilidade e inchaço do pescoço,  náuseas e vômitos.

A longo prazo os pacientes podem ter alteração de paladar, boca seca e olhos secos.

Após alguns meses do tratamento os homens podem apresentar algumas alterações no espermograma e que tendem a voltar ao normal com o passar do tempo.

Já as mulheres são aconselhados a não engravidar por pelo menos seis meses após o tratamento.