Funcionários da CPTM fazem greve, a partir da meia-noite desta terça-feira, 11

Ferroviários e funcionários da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) entrarão em greve, a partir da 00h00 desta terça-feira (11). A decisão teve como motivação a falta de pagamento do PPR (Programa de Participação nos Resultados), acordado ainda em 2016 e que deveria ter sido pago no dia 31 de março. A paralisação atingirá apenas as linhas 7-Rubi (Luz – Jundiaí) e 10-Turquesa (Brás – Rio Grande da Serra).

O acordo foi assinado pela CPTM e pelos quatro sindicatos, que representam a categoria, na Grande São Paulo. A empresa alega que a crise no país dificultou o pagamento na data acordada, pagando apenas 50% e prometendo o restante, para o mês de julho, com o valor corrigido pelo IPC.

Veja também  Volta do trabalho não terá ônibus em Osasco

Os sindicatos, que representam os trabalhadores das linhas 8-Diamante (Júlio Prestes-Amador Bueno), 9-Esmeralda (Osasco-Grajaú), 11-Coral (Luz-Estudantes) e 12-Safira (Brás-Calmon Viana) chegaram a um acordo e decidiram aceitar o parcelamento, não aderindo à greve.

Avaliação média: 4.6
Total de Votos: 20

Funcionários da CPTM fazem greve, a partir da meia-noite desta terça-feira, 11