“Don Juan” é preso em Osasco após golpes em mulheres

Advertisement
Advertisement

A Polícia Civil de São Paulo, por meio do Deic (Departamento Estadual de Investigações Criminais), cumpre na manhã de hoje,04, 11 mandados de prisão. Em Osasco um suspeito foi preso. 

O objetivo é desarticular uma organização criminosa especializada em golpes em mulheres utilizando redes sociais e aplicativos de relacionamentos. A operação Don Juan tem como alvos individuos instalados na Capital e Região Metropolitana de São Paulo. 

Os envolvidos criam perfis como se fossem militares norte-americanos, médicos ingleses ou empresários europeus. As fotos são de homens de olhos azuis e de boa figura com um único objetivo: vir para o Brasil e encontrar sua alma gêmea. Mas para que isso se realize alegam precisar da ajuda da pretendente, que acaba transferindo suas economias para os golpistas.

Veja também  Polícia Civil faz operação contra fraude em TV a cabo e internet em Osasco, Barueri e Jandira

As apurações foram desenvolvidas pela equipe da 4ª Delegacia DIG (Investigações sobre Crimes Cometidos por Meios Eletrônicos). A operação conta com 91 policiais e 44 viaturas. As equipes cumprem mandados de prisões contra nove nigerianos e duas brasileiras. Também estão sendo realizadas buscas em 16 locais na cidade de São Paulo, dois imóveis no município de Santa Isabel, e uma casa em Osasco. O objetivo é recolher material utilizado nos golpes.

Avaliação média: 4.5
Total de Votos: 17

“Don Juan” é preso em Osasco após golpes em mulheres
Advertisement