Apendicite: o que é, sintomas, tratamento e complicações

Apendicite: o que é, sintomas, tratamento e complicações – O apêndice é uma região do intestino grosso, e quando inflamado, gera a apendicite. Hoje, vamos falar um pouco mais sobre o Apendicite: o que é, sintomas, tratamento e complicações e tudo mais que você precisa saber sobre essa inflamação que é extremamente perigosa.

Principais Sintomas de Apendicite

Quando falamos em sintomas da apendicite um dos mais comuns é a dor abdominal, que varia de acordo com a idade da pessoa e também da posição do apêndice inflamado.

 

Em sua grande maioria, o primeiro sinal é a dor próxima a região do umbigo, que pode começar mais fraca e se tornar cada vez mais aguda conforme o tempo vai passando. Com o passar das horas, a inflamação vai aumentando, em um possesso que pode variar de 12 a 18 horas, onde a dor vai aumentando e pode se mover para baixo e a direita, exatamente onde se localiza o apêndice.

Além da dor, outros sintomas que podem aparecer, são:

  • Náusea
  • Vômitos
  • Apetite reduzido
  • Febre baixa

Nos casos em que o apêndice se rompe, a dor pode desaparecer por algum tempo, causando uma sensação de melhora no individuo. Porém,  uma vez que o revestimento da cavidade abdominal fica inflamada e infectada, a dor piora e os sintomas se intensificam – principalmente quando a pessoa caminha ou tosse. Nesse caso, os sintomas são:

  • Calafrios
  • Constipação
  • Diarreia
  • Febre
  • Perda de apetite
  • Náusea a vômitos
  • Tremores.

Causas da apendicite

As causas da apendicite não são totalmente claras para a médica, porém, existem algumas situações conhecidas que podem levar a inflamação no apêndice, sendo elas:

  • Obstrução por gordura ou fezes
  • Infecção, como a gastrointestinal causada por vírus.
Veja também  Governador, Geraldo Alckmin, entra na justiça contra paralisação e critica professores e metroviários

Em qualquer um destes casos, a bactéria presente naturalmente no apêndice começa a se multiplicar, causando assim a inflamação e também o inchaço, que pode conter ate mesmo pus. Caso não tratado, a apendicite pode causar o rompimento do apêndice.

Diagnóstico de Apendicite

O diagnostico da apendicite pode ser feita através da descrição dos sintomas, através de exame físico e também, através de exames de laboratório.

O médico também pode optar pela realização de exame físico, onde ele ira apertar a área dolorida, fazendo com que a dor aumente, mostrando assim, que o local se encontra inflamado. O médico também pode observar se há rigidez dos músculos do abdômen.

Outra opção para o médico é a solicitação do exame de sangue, que irá indicar o numero de glóbulos brancos presentes no sangue, indicando assim se existe infecção ou não.

O exame de urina também pode ser solicitado, isso para que o médico tenha a certeza de que a dor não está ocorrendo devido a pedra nos rins. Além disso, pode ser solicitado também um exame de raio x da região abdominal, permitindo assim um diagnostico correto.

Tratamento de Apendicite

O tratamento para apendicite é a cirurgia, ou seja, quando a mesma está inflamada, a única opção é a sua retirada durante a cirurgia.

Vale lembrar que o apêndice não é substituído na cirurgia, apenas é feita a sua remoção, não trazendo nenhum risco documentado para a vida do paciente no futuro, uma vez que ele não tem nenhuma atividade conhecida no corpo humano.

Avaliação média:
Total de Votos:

Apendicite: o que é, sintomas, tratamento e complicações