Vereadora Dra. Régia se isola na oposição ao governo Lins

Quase 100 dias após o início da nova legislatura da Câmara Municipal de Osasco, os 21 vereadores já mostraram de que lado estão, por enquanto, somente dra. Régia Sarmento (PDT) está na oposição ao governo Rogério Lins (PTN), infelizmente ampla maioria no legislativo significa falência das políticas públicas e consequentemente a prestação de serviços públicos de baixa qualidade, resumindo quem perde são os cidadãos.

O ex-ministro da Saúde e deputado federal, Dr. Luiz Carlos Borges da Silveira, escreveu em 2015 em um artigo definindo o papel da oposição da seguinte forma: “na democracia, o papel da oposição é claro: fiscalizar a administração, os atos dos governantes, atuar como agente capaz de aperfeiçoar proposições de governo, ser catalisadora das demandas e insatisfações populares e, de certa forma, ajudar o governo a errar menos e administrar melhor, criticando, apontando equívocos e incongruências, destacando as consequências de desacertos e denunciando erros e omissões. Oposição competente contribui para se alcançar o objetivo da ação política. Além disso, deve ser propositiva e apresentar caminhos diferentes dos atuais para garantir maior eficiência do setor público e possibilitar o constante crescimento”.

Alguns vereadores tem preferido ficar neutros, ou não revelam com clareza se serão parte da base ou da oposição, Max Weber disse: “Neutro é quem já decidiu pelo mais forte”.

Deixe uma resposta