Passagem continua R$ 4,20, decide Justiça

Advertisement
Advertisement

Após 26 dias da decisão do Tribunal de Justiça (TJ) que determinou a redução da tarifa de ônibus para R$ 3,80, o valor continuará R$ 4,20 decidiu a pouco o mesmo desembargador que suspendeu o aumento.

Segundo sua decisão uma reunião do Conselho realizado em fevereiro deste ano referendou o reajuste da passagem. “Constata-se que a cópia da ata de reunião do Conselho Municipal de Mobilidade Urbano (COMURB), realizada em 22.02.2017, dá conta de que o aumento da tarifa instituído pelo Decreto Municipal nº 11.420/16 foi objeto de deliberação por aquele órgão, ainda que posteriormente à referida majoração da tarifa”, entendeu o juiz Antonio Tadeu Ottoni.

Veja também  Empresas pedem mais cinco dias para reduzirem a tarifa em Osasco

As concessionárias ingressaram com diversos recursos que até paralisou o processo impedindo assim o cumprimento da decisão.

Ontem, 15, o prefeito de Osasco, falou que comunicou as empresas para reduzir o valor ameaçando até de cancelar a concessão. Mas de nada adiantou e a população não desfrutará da economia que a redução tarifa.

O Partido Socialismo e Liberdade (Psol), autor da ação, lamentou a decisão e fez duras críticas ao atual Chefe do Executivo.

Avaliação média: 4.7
Total de Votos: 14

Passagem continua R$ 4,20, decide Justiça
Advertisement