O que é microcefalia? Conheça os sintomas e tratamentos

De um tempo para cá, muito tem se falado sobre a microcefalia, porem, muitas pessoas nãos abem exatamente o que é, quais são seus tratamentos, cuidados, prevenção e diversos outros pontos, e por isso mesmo, hoje vamos falar um pouco mais sobre essa doença que atinge muitas crianças todos os anos.

Lembrando que, aqui são apenas informações básicas, para se aprofundar no assunto é fundamental procurar um médico especialista, que vai indicar os melhores tratamentos e prevenções.

O que é microcefalia?

A microcefalia é considerada uma condição neurológica rara, que faz com que a cabeça e também o cérebro da criança sejam menores do que as outras do mesmo sexo e da mesma idade.

Em sua grande maioria, o diagnostico é realizado ainda no inicio da vida da criança, e tem como principal resultado o não desenvolvimento do cérebro durante a gestação ou ate mesmo, apos o nascimento.

Os problemas causados pela microcefalia são atrasos no desenvolvimento da criança, acarretando em problemas motores.

Causas da microcefalia

Existem diversas causas para a microcefalia, além de ser um fator genético, ainda existem algumas causas, como:

  • Malformações do sistema nervoso central
  • Diminuição do oxigênio para o cérebro fetal: algumas complicações na gravidez ou parto podem diminuir a oxigenação para o cérebro do bebê
  • Exposição a drogas, álcool e certos produtos químicos na gravidez
  • Desnutrição grave na gestação
  • Fenilcetonúria materna
  • Rubéola congênita na gravidez
  • Toxoplasmose congênita na gravidez
  • Infecção congênita por citomegalovírus.
Veja também  O que é queloide? Conheça os sintomas e tratamentos

Qual o tratamento para microcefalia?

Infelizmente ainda não existe tratamento com medicamentos para a microcefalia para fazer com que a cabeça e o cérebro voltem ao seu tamanho normal.

O recomendado por especialista é realizar as mais variadas terapias para melhorar as habilidades da criança, assim como fisioterapia, terapia ocupacional e diversas outras formas de tratamentos.

Cuidados microcefalia

Existem sim a possibilidade de prevenção nos casos genéticos, por isso mesmo é importante o pré natal.

Fora isso, alguns pontos podem ser levados em consideração, são eles:

Não ingerir álcool durante a gravidez: o consumo de álcool predispõe o bebê a diversas doença, como Síndrome do Alcoolismo Fetal e microcefalia.

Não utilizar medicamentos sem a orientação médica: alguns medicamentos podem interferir na formação fetal, inclusive causando uma má formação do cérebro como a microcefalia. É importante que a gestante não tome nenhum tipo de medicamento sem orientação médica.

Evitar contato com pessoas com febre ou infecções: qualquer infecção pode dar alguma alteração no desenvolvimento do feto, desde uma rubéola e citomegalovírus, até a dengue, febre zika e febre chikungunya. Por isso é importante evitar a exposição geral a doenças.

A criança com microcefalia pode apresentar:

  • Déficit intelectual
  • Atraso nas funções motoras e de fala
  • Distorções faciais
  • Nanismo ou baixa estatura
  • Hiperatividade
  • Epilepsia
  • Dificuldades de coordenação e equilíbrio
  • Alterações neurológicas.
Avaliação média: 4.6
Total de Votos: 18

O que é microcefalia? Conheça os sintomas e tratamentos