GCM liberta refém após perseguição que terminou com dois bandidos mortos na zona sul

A Guarda Civil de Osasco (GCM) libertou na noite desta terça-feira, 21, um homem que havia sido feito refém após parar para dar informações no Jaguaribe, zona sul. Essa era a terceira vez que ele havia sido assaltado na região.

Após render o motorista, os quatro bandidos percorreram diversas vias da cidade durante 40 minutos, neste tempo usaram ele para efetuar um roubo, dessa vez a um autoelétrico na avenida Flora. “Ele ficou com a arma na minha cabeça, falando que iam me explodir”, disse ao G1.

O local estava fechado para vendas, mas no momento do crime os funcionários estavam fazendo um churrasco e os assaltantes aproveitaram a comemoração pediram um espetinho e anunciaram o asslto.

Veja também:  Setran intensifica trabalho de sinalização vertical e remove veículos abandonados em bairros de Osasco

Os bandidos levaram sete celulares, pertences e dinheiro. Após esse fato, uma viatura da GCM passou pelo local e as vítimas informaram as características dos suspeitos.

Diante das informações os guardas realizaram buscas na região e encontraram o veículo na rua Capistrano de Abreu onde foi dada ordem de parada não obedecida quando iniciou uma perseguição pelas ruas do bairro.

Durante a fuga, os agentes bateram duas vezes no carro. Após parar os meliantes desceram e começou uma troca de tiros. Dois criminosos foram mortos, um de 29 anos e outro de 20 anos. Outros dois fugiram.

O caso foi registrado no plantão do 5° DP.

Publicidade