Ex-chefe da fiscalização é acusado de integrar máfia dos fiscais em Osasco

//pagead2.googlesyndication.com/pagead/js/adsbygoogle.js
//pagead2.googlesyndication.com/pagead/js/adsbygoogle.js

A rádio CBN denunciou, nesta segunda-feira, 07, que a cidade de Osasco tem uma filial do que ficou conhecido como a Máfia dos Fiscais da Lei Cidade Limpa atuante na Capital. Aqui um ex-chefe da fiscalização que prestou serviços no município por 12 anos nas gestões petistas comandava o esquema.

Segundo a reportagem na cidade havia uma tabela da propina para a propaganda ilegal com valores bem menores que a capital paulista: R$ 10 por farol para liberar a panfletagem e R$ 25 no caso de faixas e setas, revelou a CBN.

A empresária, Grace Moreira, do ramo de distribuição de materiais promocionais explicou como funciona o sistema. “O meu acerto com eles é sempre em uma terça-feira. Então terça-feira vai todo mundo lá dentro do meu escritório. [Então eu deposito na sua conta…] E eu faço o pagamento pra eles. [Você entrega em dinheiro pra eles?] Em dinheiro pra eles”, disse a empresária à CBN.

Veja também  Final de semana tem Festival de Cerveja Artesanal em Osasco

Em nota, a prefeitura de Osasco disse que a administração do prefeito Rogério Lins é pautada pela moralidade e pela legalidade e que a Secretaria de Assuntos Jurídicos vai abrir uma sindicância pra investigar o caso, já que o denunciado não fez parte do quadro de funcionários da atual gestão.

Avaliação média: 4.6
Total de Votos: 18

Ex-chefe da fiscalização é acusado de integrar máfia dos fiscais em Osasco
Almoço Mágico - Rock & Ribs
//pagead2.googlesyndication.com/pagead/js/adsbygoogle.js
Almoço Mágico - Rock & Ribs
//pagead2.googlesyndication.com/pagead/js/adsbygoogle.js