Câmara aprova altos salários que chegam a R$ 13 mil

A Câmara de Osasco aprovou um Projeto de Resolução (PR) da mesa diretora que cria novos cargos e reajusta a tabela de vencimentos de comissionados, nomeados sem concurso público, fixando salários entre R$ 3.169,77 e R$13.130,45, além de gratificação de 20% para alguns cargos.

O projeto cria também novos cargos de ouvidor legislativo, coordenador da qualidade, supervisor acadêmico da Escola do Parlamento, presidente da Comissão de Licitação e pregoeiro.

Os salários mais elevados são para os diretores da Escola do Parlamento, jurídico e secretário totalizando R$ 13.130,45 sem contar benefícios.

O Projeto precisa ser publicado na Imprensa Oficial do Município (IOMO) para passar a valer.

Procurada a Câmara não informou a reportagem sobre os valores que serão gastos com os novos salários.

Com informações do Diário da Região.

Um comentário em “Câmara aprova altos salários que chegam a R$ 13 mil

  • 21 de outubro de 2017 em 08:27
    Permalink

    Seria ótimo se fosse anulado. Criar empregos com altos salários é fácil quando se tem 1 milhão de pessoas financiando. Difícil é dar melhores condições para esse 1 milhão.

Fechado para comentários.