STJ nega Habeas Corpus a Rogerio Lins

O Supremo Tribunal de Justiça (STJ), em decisão do ministro Antônio Saldanha Pinheiro, negou nesta quinta-feira (15) o pedido de habeas corpus ao prefeito Eleito, Rogerio Lins. A decisão foi publicada nesta manhã de sexta-feira (16), veja abaixo a decisão. 

No início da semana, os advogados de Lins já tiveram um pedido de Habeas Corpus negado pelo Tribunal de Justiça de São Paulo. Desta forma, o mais provável é que Rogerio, retorne de sua viagem e se entregue para as autoridades.

Rogério Lins, teve sua prisão preventiva decretada no dia 6, durante uma fase da Operação Caça Fantasmas, movida pelo Ministério Público de São Paulo, é que investiga vereadores por esquema de contratação de funcionário fantasma. Lins é investigado ao lado de 13 vereadores e mais de 200 funcionários da Câmara Municipal de Osasco.

Veja também  Bruna Furlan exalta trabalho dos servidores de Barueri durante "Nosso Abraço"

Rogério ainda não foi detido pois esta vem viagem ao exterior com a família. Sem o habeas corpus Lins deverá ser preso assim que retornar ao Brasil, a data de sua volta ainda é indefinida.

Quem vai assumir a prefeitura?

A indefinição sobre quem será prefeito continua. Se Rogerio estiver preso, sua vice, Ana Maria Rossi, assume o cargo. Porém, existe a possibilidade de a Justiça autorizar que o eleito tome posse mesmo que esteja preso.

Avaliação média: 4.6
Total de Votos: 21

STJ nega Habeas Corpus a Rogerio Lins