Emitir o novo passaporte ficou R$ 100 mais caro

Nesta última semana, começou a ser emitido o novo modelo de passaporte brasileiro. O novo passaporte irá custar até R$ 100 a mais para o consumidor e terá validade de dez anos. Desta forma, os viajantes deverão desembolsar R$ 257,25. Antes da mudança, o valor era de R$ 156,07. De acordo com José Eduardo Cardozo, Ministro da Justiça, não houve aumento e sim um reajuste do valor para acompanhar a inflação, já que os valores não eram alterados desde 2006.

O novo passaporte será entregue a todos os pedidos feitos a partir do dia 6 de julho, de acordo com o Ministério da Justiça. O órgão ainda revelou que é possível que ocorram atrasos nos 200 postos consulares no exterior, devido à logística de entrega do novo material.

Novo passaporte tem validade de dez anos
Novo passaporte tem validade de dez anos

Além das mudanças no tempo e no preço, o novo passaporte também apresenta mudanças na sua aparência e nos itens de segurança. Logo na capa do documento, o Brasão de Armas foi substituído por um desenho que remete à bandeira do Brasil, com destaque no Cruzeiro do Sul. novo passaporte

Veja também  Moderador de apetite, como escolher o seu

Mais novidades do novo passaporte

O documento ainda traz um novo laminado de segurança, na página de dados pessoais e foto do passageiro, onde o brasão das armas da República, o nome do país e o mapa do Brasil aparecem repetidas vezes. Novas marcas d’água, com o mapa do país, também foram aplicadas nas contracapas, além do uso de fundos invisíveis com radiação ultravioleta.

A validade maior do passaporte brasileiro segue as tendências internacionais e tem como objetivo simplificar a vida dos brasileiros que desejam viajar para os Estados Unidos, por exemplo, pois desde 2010 a embaixada americana concedeu visto e permissões para trabalho e turismo pelo período de dez anos. Com a menor validade do passaporte, o viajante era obrigado a viajar com dois passaportes.

Avaliação média: 4.5
Total de Votos: 16

Emitir o novo passaporte ficou R$ 100 mais caro