7 dicas para começar a correr na rua ou na esteira

Diariamente ouço amigos dizendo que tem vontade de começar a correr. Pensando nisso, resolvi fazer esse artigo, explicando um pouco sobre como comecei a correr e também dando algumas dicas para quem, de fato, quer começar a prática deste tipo de exercício.

Primeiro, você deve saber que a corrida é um dos esportes mais praticados do mundo e nos últimos anos se popularizou, por onde você passa tem alguém correndo.

Como comecei a correr

Confesso, sempre fui sedentário, e a corrida entrou na minha vida por acaso. Tive um período complicado da minha vida, onde devido às crises de ansiedade não conseguia ficar parado, tinha que sair para andar, no caso em um Shopping ao lado de casa. Porém, comecei a notar que, por dia, estava caminhando cerca de 10 km, ou seja, uma distância bem grande. Em um dia que o shopping estava fechado e uma crise de ansiedade forte bateu na porta, resolvi usar a esteira do meu condomínio. No começo andando, alternando a caminhada com pequenos trotes. E assim, fui desenvolvendo, quando eu menos percebi já fazia 5 km correndo leve na esteira ininterruptamente.

A partir desse momento passei a procurar por corridas, fazer inscrição em algumas provas pequenas e, assim como você está fazendo agora, comecei a estudar técnicas de corrida. Existe muito material bom na internet que podem ajudar, e muito, na prevenção de lesões, postura corporal e dicas para melhorar o desempenho.

Quero começar a correr, e agora?

Oba, que bom que você se decidiu. Então, não vamos deixar para amanhã, vamos começar hoje mesmo. Antes de trazermos as dicas, vamos abordar um tema interessante.

Bora correr?

Correr na Esteira ou correr na Rua?

Uma pergunta bem interessante, eu, particularmente gosto de fazer os treinos diários na esteira, porém, é bom intercalar, pois as provas são feitas nas ruas e você precisa conhecer o terreno, seja ele asfalto, pista ou terra batida.

A grande vantagem da esteira, que eu considero, é a possibilidade de poder conferir constantemente o movimento do exercício, pisada, postura corporal. Além, de ter uma grande redução de impacto, forçando menos o corpo e evitando lesões.

Em contrapartida, a corrida na rua permite que estejamos em contato com cenários diferentes, tornando a corrida menos monótona.

Agora sim, vamos para as dicas para iniciarmos os treinos de corrida:

1 – Fique de olho no seu corpo

Uma avaliação física é fundamental antes da prática de qualquer exercício, é preciso saber como está seu corpo, se clinicamente você está liberado para correr.

2 – Cuide da alimentação

É preciso entender que mesmo que o foco seja o emagrecimento os exercícios aeróbicos (corrida, bicicleta, etc…) possuem uma grande queima calórica, sendo assim, procure fazer uma alimentação balanceada e não tenha medo dos carboidratos. Além disso, recomendo também que você procure um nutricionista para ajudá-lo com um planejamento alimentar e até reposição de vitaminas e nutrientes que possam estar faltando.

3 – Vá devagar no começo

Não se preocupe em correr grandes quilometragens nesse início, é sempre melhor correr por mais tempo de forma mais leve do que forçar sprints (correr no limite da velocidade) e não conseguir ficar muito tempo na constância do exercício. Aliás, constância é a palavra chave aqui. Lembrando que nem sempre o mais rápido é o que chega primeiro ou vai mais longe.

4 – Respiração

É impossível, na corrida, ter uma técnica específica de respiração, afinal, aqui funciona a oferta e demanda, dependendo da intensidade do exercício, da queima energética do seu organismo, uma quantidade maior ou menor de oxigênio é necessária. A dica aqui é: Respire da maneira que for mais confortável para você.

5 – Vestuário: Menos é mais

É comum, quando começamos a correr, ficarmos encantados com a quantidade de itens e acessórios desenvolvidos para a corrida. Porém, é preciso ter cuidado, qualquer acessório é um peso extra na hora da corrida. O ideal é optar por uma camiseta com absorção de suor (evite o algodão que encharcado pode pesar) e principalmente invista em um tênis bom de corrida, lembrando que nem sempre o mais caro é o melhor. Não tenha vergonha, quando for comprar um tênis, pergunte ao vendedor qual é o melhor para corrida e, se for preciso, procure sobre o modelo da internet, diversos sites são especializados em análises e reviews de calçados, trazendo inclusive, prós e contras.

A escolha de um tênis bom e confortável pode contribuir muito com o seu desempenho e evitar lesões.

6 – Hidrate-se e use protetor solar

Juntei esses dois itens por serem cuidados que você deve ter sempre. O primeiro é fundamental, hidratar-se antes, durante e depois do exercício é fundamental. Mesmo em ambientes controlados como a esteira. Experimente correr e beber água ao mesmo tempo, até para ir acostumando a ingerir líquidos em movimento. Já o segundo é fundamental para corridas em céu aberto, mesmo que o sol esteja escondido nas nuvens não deixe de usar o protetor solar.

7 – Estabeleça uma meta

Por fim, inscreva-se em uma corrida, assim você terá um objetivo e poderá se cobrar sempre para evoluir o nível de corrida e não desistir.

Inscrever-se em uma corrida é uma excelente forma de ter um desafio e objetivo.

Conclusão

Correr é um hábito saudável, que vai muito além de um exercício, afinal, a corrida libera endorfina e melhora a qualidade de vida (além de acelerar o metabolismo). Talvez a última dica que posso dar é: “não deixe para amanhã, comece hoje mesmo”. Caso ainda restem dúvidas, me siga no Instagram @ipaulomacedo, envie uma mensagem, responderei todos na medida do possível. Lá eu também compartilho meus treinos, provas e dicas referentes a corrida.

Avaliação média: 5
Total de Votos: 3

7 dicas para começar a correr na rua ou na esteira